quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

"Livros de Moda"

Eu não preciso ressaltar que existe dois tipos de moda. Moda com "M" maiúsculo e moda com "m" minusculo. A diferença? Moda com "m" minusculo, é apenas moda, é a famosa "modinha" aonde não ocorre basicamente uma pesquisa de moda, mas sim uma pesquisa de mercado, para entender o que o seu público precisa. Essa "modinha" é descaradamente copiada e repassada em diversas áreas, como feiras, mercados abertos, etc. Moda com "M" maiúsculo, não é apenas fazer roupa. Quem estuda Moda não está preocupado apenas com a relação comercial e financeira, é além disso, é deixar sua marca, é buscar identidade, para isso é um processo longo e requer muita pesquisa. Toda pesquisa, requer bastante leitura, claro, vou indicar alguns livros que acho interessante.

A Moda do Século XX (Valerie Mendes)


Da silhueta em S da virada do século ao bustiê da década de 1990, este levantamento conciso e abrangente explora todos os desenvolvimentos significativos da moda num século que testemunhou uma preocupação crescente com a aparência pessoal e o vestuário. A moda do século XX concentra-se em movimentos e inovações essenciais nos estilos masculino e feminino e explora-os por meio do trabalho dos estilistas e costureiros mais originais e influentes. De abrangência internacional, o livro compreende os estilistas e centros de moda mais importantes do século e também os desenvolvimentos em acessórios, penteados e maquiagem, a importância da produção em massa, os avanços nas fibras artificiais, etc.

A Moda e seu papel social (Diana Crane)

Em A Moda e seu Papel Social: Classe, Gênero e Identidade das Roupas, Diane Crane traça um histórico das relações que mediaram a criação e as transformações no uso da moda. Estudando a moda desde sua origem, a autora demonstra como sua função de indicar status social foi gradativamente alterada, nas sociedades contemporâneas, para a de fator de construção da identidade do indivíduo, mediante sua correspondência com valores que cada pessoa escolhe cultivar. ''

Vítimas da Moda? (Guillaume Erner)


Esse livro tem um foco mais histórico e sociológico sobre a formação da cultura de consumo, dando exemplos desde o surgimento da profissão de costureiro até a transformação dos próprios em líderes-celebridades, como Karl Lagerfeld e Jean Paul Gaultier. Dando algumas noções usáveis para marketing, é uma leitura completa para ficar na rede por algumas horas rindo internamente de algumas citações e outros casos da história e formação do que se entende por indústria têxtil e da moda.

Cartas a um jovem estilista (Alexandre Herchcovitch)


Outra publicação do Senac paulista, faz parte de uma série sobre profissões. Nesta edição, relatos do Herchcovitch, abrindo suas experiências mais produtivas no ramo e detalhando o que você irá encontrar, se pretende trabalhar com moda aqui no Brasil.

Marketing & Moda (Marcos Cobra)


Cobra, possui vários livros de administração, marketing e outras, além de ser uma referência acadêmica nacional. Neste livro, discorre sobre a relação entre moda e marketing, que serve tanto para auxiliar estudantes como profissionais envolvidos no mercado a compreender a forma como a moda estimula o consumo de produtos.

História Social da Moda (Daniela Calanca)



A história do vestuário diz muito sobre a sociedade e seu tempo. Nesse livro, a autora traça um interessante panorama da origem da moda e de sua evolução ao longo da história. Conta, entre outras coisas, como os vestuários masculinos e femininos passaram a diferenciar-se, como a Igreja tentou conter os "modismos" na Idade Média e por que só pode existir moda em sociedades cuja estrutura não é estática. Fundamental para entender o espaço cada vez maior que a moda ocupa hoje na nossa sociedade.
'
Modos de Homem & Modas de Mulher (Gilberto Freyre)

Livro - Modos de Homens & Modas de Mulher

De maneira leve e instigante em textos curtos, Freyre destila em Modos de homem & Modas de Mulher, suas observações sobre diversos aspectos da história da moda no Brasil.