sexta-feira, 27 de maio de 2011

"YSL se defende da acusação de plágio"

A batalha judicial que envolve a grife Yves Saint Laurent e o sapateiro Christian Louboutin promete novos capítulos. A ação é motivada pelos cobiçados calçados com solado vermelho, uma das marcas registradas do designer francês, atual queridinho de celebridades como Madonna, Sarah Jessica Parker e Jennifer Lopez. De acordo com o designer, a maison estaria "copiando" sua mais conhecida criação na linha 'Palais', que mostra sapatos de verão com o componente na comentada - e desejada - cor.

Diante da acusação, a marca levou para o tribunal informações históricas para provar que o estilista não é o inventor das famigeradas solas vermelhas, já que Louboutin patenteou a suposta criação em 2008. O argumento apresentado pela Yves Saint Laurent é de que os sapatos existem desde 1600 e já foram usados por figuras como o rei francês Luís XIV e a personagem Dorothy no filme 'O Mágico de Oz'. A justificativa - que ainda reconhece que Louboutin foi responsável pela popularização do componente - foi levada à suprema corte novaiorquina esta semana.

Fonte: FMag