quarta-feira, 23 de março de 2011

"É hoje!"

Stella McCartney virou um fenômeno no mundo da moda. Atriz, socialite, modelo e apresentadora, agora estilista. Embora ainda na faculdade, Central Saint Martins College of Art and Design, provocou alvoroço com seu desfile de formatura, que contava com tops como Kate Moss e Naomi Campbell. Em seguida, foi para a Chloé, substituir ninguém menos do que Karl Lagerfeld. O sucesso foi tão grande que logo a maison francesa ficou pequena para ela. Sob o guarda-chuva do grupo Gucci, abriu então, em 2001, a marca que leva o seu nome. Virou mentora de designers como Phoebe Philo e defensora da moda ecologicamente correta. Depois de tudo isso, ela lança neste mês uma coleção em parceria com a C&A, com venda exclusiva no Brasil. Élio Silva, diretor de marketing da rede, avisa que vai disponibilizar um cadastramento via internet para as interessadas em comprar as criações da designer antes mesmo da abertura das lojas no dia 23 de março.


Questionada sobre a escolha de se associar com a C&A e fazer roupas exclusivas para as mulheres brasileiras, disse: "O Brasil é um mercado crescente para nós e eu estou muito animada em aumentar a presença da marca aí por meio da parceria com a C&A. Sempre tive interesse no país e na moda brasileira". Algumas peças de sua coleção:

Vestidos, R$ 189. cada um.
Casaqueto de paetês, R$ 499
Bermuda, R$ 129.
Macacão, R$ 249.

Novas Parcerias

A C&A não confirma, mas fontes garantem que, em abril, chega às lojas uma linha assinada por Gisele Bündchen. A Riachuelo, depois do sucesso das peças by Oskar Metsavaht, lança uma coleção by Cris Barros. E, no segundo semestre, a inglesa Topshop desembarca em São Paulo.

Fonte: Elle